Videogame financiado pelo público fecha parceria com OnLive

O videogame Ouya, desenvolvido com sistema operacional Android e financiado através do site Kickstarter, anunciou que seus usuários poderão jogar gratuitamente, via stream, graças à recente parceria com o OnLive. O comunicado foi feito em página do Ouya, no Kickstarter, onde o gerente geral do OnLive, Bruce Grove, anuncia que o serviço estará disponível no seu lançamento, em 2013.

O OnLive é um serviço baseado em nuvem, onde o jogador tem à sua disposição games disponibilizados por 80 editoras, inclusive títulos independentes. Este serviço já se encontra disponível em muitos dispositivos, como PCs, Macs, TVs e num sistema de jogo dedicado OnLive.

O projeto Ouya chamou bastante a atenção do mercado quando foi anunciado em julho, ao prometer um console no valor de US$ 99, com sistema operacional Android e que funciona na TV. A resposta para o projeto tem sido extremamente positiva: US$ 6,7 milhões levantados até o momento, superando – e muito – a meta inicial de US$ 950 mil. O anúncio também mostra o controle do console, ambos em fase de concepção.

Apesar de o projeto ter sido muito bem recebido, alguns críticos vêm sugerindo que o alto nível de entusiasmo em torno do console não coincide com as promessas do projeto e o seu estágio atual de desenvolvimento.

Para Ben Kuchera, editor da  PA Report, embora muitos aspectos do console sejam atraentes, há razões para sermos céticos em relação ao que se oferece. Kuchera avalia, de acordo com a própria página do console no Kickstarter, que o projeto previsto para chegar ao mercado em março de 2013, ainda está na fase de testes de desempenho do hardware. “Isto seria um cronograma agressivo, se estivéssemos falando de Microsoft ou da válvula, muito menos de um startup que ainda não foi testado”, descreve o editor.

Leia o artigo completo de Ben Kuchera (em inglês)

Anúncios